Postagens

Melhor tesouro

Leitura Bíblica: Isaías 62.9-12
Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele (1 Jo 2.15).
Existe um conto chinês que diz que nos tempos antigos havia um velho lenhador que ia quase todos os dias à montanha para cortar madeira. Dizia-se que esse velho era um sovina que dava mais importância ao ouro do que a qualquer outra coisa na face da terra. Um dia, um tigre selvagem avançou para ele. Por mais que corresse, não conseguiu escapar, e o tigre saiu carregando-o na boca. O filho do lenhador viu o perigo que ameaçava o pai e saiu correndo para tentar salvá-lo. Levou um facão bem grande e conseguiu alcançar o tigre, que não podia correr muito depressa, pois estava carregando um homem. O pai não estava muito ferido, porque o tigre mordera as roupas. Quando o velho lenhador viu o filho já quase esfaqueando o tigre, gritou muito alarmado: - Não estrague a pele do tigre! Se você conseguir matá-lo sem fazer buracos na pele, vai nos render muitas peças de…

Levando o peso

Leitura Bíblica: Mateus 11.28-30
As minhas culpas me afogam; são como um fardo pesado e insuportável (Sl 38.4).
Com ar de cansaço um homem subia uma ladeira levando sobre o ombro um botijão de gás de cozinha. Alguém, bondosamente, ofereceu-lhe um carrinho de mão. O homem olhou rapidamente e disse: eu quero mesmo é levar o peso nas costas. Esta história fez-me lembrar o caso da mulher que andou na charrete de carona, levando na cabeça uma trouxa de roupas. O homem que oferecia a carona lhe falou: - Coloque a bagagem ao lado... Simploriamente, ela respondeu: O cavalo já está fazendo a gentileza de me levar, e ainda vai dar carona para a minha trouxa? Estes exemplos acima aproximam-nos da triste realidade deste mundo inconsequente que tem prazer em levar consigo os pesos de uma vida pecaminosa, dispensando a libertação proposta por Jesus. Foi ele quem levou sobre si o peso dos nossos pecados e assumiu a nossa dor no ato de sua entrega na cruz do Calvário. O pecado escraviza os homens de tal…

Peixe ou gato?

Leitura Bíblica: Provérbios 8.6-9
Não lhes escrevo porque não conhecem a verdade, mas porque vocês a conhecem e porque nenhuma mentira procede da verdade (1Jo 2.21).
Ao nascer do sol, um homem foi para seu recanto favorito à beira do rio. Lançou o anzol e pegou um peixe gordo e reluzente, pesando quase três quilos. Levou-o para casa e orgulhosamente exibiu-o para a mulher. - É o peixe mais bonito que eu já pesquei. Quase três quilos de puro prazer. Vou fazer um belo banquete esta noite! E saiu de casa para trabalhar. A mulher não conseguia tirar os olhos do peixe. Estava com água na boca; o peixe era muito tentador. Acabou não resistindo mais! Cozinhou o peixe e mandou chamar o irmão dela; refestelaram-se até não sobrar nem uma migalha. À noite, o marido chegou logo procurando o peixe. - Sinto muito, gemeu a mulher - mas enquanto eu estava no jardim o gato entrou na cozinha e comeu tudo, da cabeça ao rabo! O homem pegou o gato e colocou-o sobre uma balança. Pesou exatamente três quilos.…

Problema seu

Leitura Bíblica: 2Samuel 22.30-33
O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal (Gn 6.5).
Falamos de tantos problemas, mas algumas vezes estamos tão concentrados em olhar para o que acontece externamente que esquecemos de cuidar de nós mesmos. Paul David Tripp disse: “A Bíblia exige que admitamos algo doloroso e humilhante – aquela confissão que tentamos evitar a todo custo: que nosso problema mais profundo, mais penetrante e mais enraizado somos nós mesmos! Se você puder fazer essa admissão humildemente, sua vida nunca mais será a mesma. A minha luta maior não é com o mal que está fora de mim, mas com o mal que está aqui dentro. Se não há esperança para aquilo que está dentro de mim, de forma alguma há chance de que eu consiga lidar com o que está fora de mim”. Nós precisamos de ajuda, de redenção. Precisamos reconhecer que somos pecadores e dependentes da graça de Deus. Precisamos…

A cura

Leitura Bíblica: Marcos 6.53-56
Todos os que nele tocavam eram curados (Mc 6.56).
Vivemos em um mundo enfermo, superlotado de doentes de todas as raças, etnias, nações, faixas etárias, culturas, níveis econômicos e intelectuais, credos e ritos. A doença não escolhe seus alojadores. Ela não pergunta se pode entrar, também não diz quanto tempo ficará, que mal causará e nem se voltará outra vez. Tratar de doentes e combater as doenças é sempre o grande desafio da humanidade, que aposta suas esperanças nas novas descobertas da Medicina. Diante dessa realidade, buscam-se os recursos nos mais diversos lugares, nas mais diversas pessoas e nas mais diversas atitudes. É comum ouvirmos alguém dizer: “Faça assim que dá certo. Pelo menos em mim funcionou”. Existem também os enfermos espirituais. As doenças da alma são tão graves quanto as doenças físicas. Só que não vemos as pessoas buscarem a cura espiritual com a mesma intensidade. Tratam do corpo e esquecem o espírito. Jesus curou muitos doentes …

Dando exemplo

Leitura Bíblica: Colossenses 3.20-21
Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios (2Tm 3.2).
Um caranguejo corria na praia com sua mãe. A mãe corrigiu o filho: - Não corra de lado! Andar para a frente é muito mais adequado. O jovem caranguejo respondeu: - Claro, mamãe, quero aprender. Mostre como se anda para a frente e eu ando atrás de você. Nesta fábula de escopo aprendemos que as palavras são importantes, mas o que vale é o exemplo. Que exemplo damos para os nossos filhos? Embora o ensino correto e o melhor exemplo não sejam garantia total de que os nossos filhos não vão se desviar por maus caminhos, dar exemplo é a melhor maneira de educá-los. A Bíblia ensina aos pais que eles não devem provocar os filhos à ira, devem criá-los na disciplina e na admoestação do Senhor. Uma das formas de irritarmos os nossos filhos é cobrando deles algo que eles não veem em nós. O que adianta dizer para um filho que ele deve ser educa…

Difícil subir!

Leitura Bíblica: Zacarias 4.6-10
Todo o que nele confia jamais será envergonhado (Rm 10.11).
Não consigo subir nesse morro, disse o menininho. - É impossível. O que vai me acontecer? Vou passar a vida inteira aqui no pé do morro. É terrível demais! - Que pena! disse a irmã. - Mas olhe, maninho! Descobri uma brincadeira ótima! Dê um passo e veja se consegue deixar uma pegada bem nítida na terra. Olhe só para a minha! Agora, você veja se consegue fazer uma tão boa assim! O menininho deu um passo: - A minha está igual! - Você acha? disse a irmã. - Olhe a minha, de novo, aqui! Eu faço mais forte que você, porque sou mais pesada e por isso a pegada fica mais funda. Tente de novo. - Agora a minha está tão funda quanto a sua! gritou o menininho. - Olhe! Esta, esta e esta, estão o mais fundas possível! - É, está muito bom mesmo - disse a irmã, mas agora é minha vez, deixe eu tentar de novo e vamos ver! Eles continuaram, passo a passo, comparando as pegadas e rindo da nuvem de poeira cinzenta qu…

Os gravetos

Leitura Bíblica: 2 Tessalonicenses 3.13-18
Esforço-me para que eles sejam fortalecidos em seu coração, estejam unidos em amor e alcancem toda a riqueza do pleno entendimento, a fim de conhecerem plenamente o mistério de Deus, a saber, Cristo (Cl 2.2).
Um homem tinha muitos filhos que viviam brigando. Não havia meio de conseguir harmonia na família. Um dia, ele pegou um feixe de gravetos e pediu que cada um o quebrasse com o joelho. Todos tentaram e não conseguiram. Ele então desfez o feixe e deu os gravetos um por um. Ninguém teve dificuldade em quebrar todos os gravetos. - Olhem só: se vocês se unirem não há inimigo que os possa vencer. Brigando sempre e ficando separados, só podem perder. Devemos buscar a união e a amizade. Precisamos demonstrar amor em nossos relacionamentos. É preciso tratar bem todas as pessoas, tanto as que são mais próximas de nós como nossos amigos e familiares, como também as pessoas com quem temos pouco contato. Algo interessante acontece. Parece que quanto mai…