Postagens

Aquietar e confessar

Leitura Bíblica: Salmo 46 Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra (Sl 46.10). Cirilo de Jerusalém disse: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus, diz a Escritura. Abstenha-se de dizer muitas palavras inúteis. Não calunie, nem de bom grado ouça os caluniadores. Em vez disso, corra imediata­mente para a oração. Exercitando a negação de si mesmo, mostre que seu coração é forte. Limpe seu vaso para poder receber graça mais abundantemente”.   Aquietar, silenciar. Ouvir estas palavras pode parecer uma acusação ou repreensão, mas, quando Deus diz para nos aquietarmos, ele está dizendo que devemos descansar e confiar. O Salmo 46 começa dizendo que Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Aquietar é entregar a vida nas mãos de Deus e descansar. Ao invés de reclamar, questionar, discutir, murmurar, devemos aquietar. E, como disse Cirilo, aquietar não é ficar em total silêncio, devemos correr até Deus em oração, fal

Realidade da salvação

Leitura Bíblica: 1Tessalonicenses 1.2-10 Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira (Rm 5.9). Somos salvos da morte para a vida. Salvos da escravidão do pecado para nos tornarmos servos de Deus. Somos salvos da escuridão para vivermos na luz. Li um texto interessante de Aiden Wilson Tozer que diz que na maioria das vezes enfatizamos mais um dos lados da salvação. Ele diz: “Uma questão em que estamos errados, ainda que certos, é no relativo estresse que impomos sobre as preposições para e de, quando aplicadas ao termo salvo. Por longo período, temos sustentado a letra da verdade, embora, ao mesmo tempo, estejamos nos desviando dela em espírito, porque nos preocupamos em demasia do que fomos salvos em vez de focar para que fomos salvos”.   Sim, nossa percepção a respeito da salvação deve ser abrangente e não devemos enfatizar uma parte mais do que a outra. Paulo disse em 1Tessalonicenses 1.9-10: “pois eles mesmos, no tocante a nós, proclama

Instrumentos de Deus

Leitura Bíblica: Salmo 100 Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas (Ef 2.10).   Somos “feitura dele”, foi Deus quem nos fez, nos criou. Unidos a Cristo praticamos boas coisas, boas obras que Deus já preparou e no momento certo poderemos executá-las. Ele nos tirou das trevas e nos levou para perto de sua luz. Sobre isso Corrie Ten Boom, já com avançada idade, deu seu testemunho dizendo: “Estou com 85 anos e sou muito grata porque sou capaz de conti­nuar trabalhando naquilo que amo. Deus tem um plano para cada pessoa. Todos nós somos chamados para ser luz do mundo onde quer que ele nos coloque. Estamos na Sua perfeita direção quan­do confiamos nele e lhe obedecemos. Uma ferramenta não decide onde deve atuar. É o mestre quem decide onde ela deve ser usada”. É importante ressaltar que Corrie tinha conhecimento do grande propósito de Deus para sua vida. Ela viveu em grande submissão a isso. Viveu como Isa

Vida compartilhada

Leitura Bíblica: 1Pedro 4.7-11 Se vós, contudo, observais a lei régia segundo a Escritura: Amarás o teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem (Tg 2.8). Pensamos, na maioria das vezes, que o propósito de nossa vida é cuidar de nós e de nossa família. Na verdade, nossa tarefa não é somente trabalhar para nos alimentar, e assim ter recursos para moradia, saúde, educação, etc. Embora devamos nos importar com estas coisas, elas não são as únicas ações de nossa vida. Se fosse assim estaríamos limitando em muito nossa existência. A vida feliz é a vida compartilhada. A atitude de ajudar o próximo, além de ser um mandamento, é uma ação de grande prazer. Uma atitude que nos faz bem e é recompensadora.   1Pedro 4.11 diz: “Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem perten­ce a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém”. De certa forma este vers

Nunca aposente sua fé

Leitura Bíblica: 2Coríntios 4.16-18 Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito (Pv 4.18). Dependendo da profissão, a idade pode fazer alguém se aposentar ou mostrar experiência e torná-lo uma pessoa melhor ainda. O Dr. Armando Amorim de Mendonça sobre isso disse: “Aos 39 anos de idade, considerado ‘velho’ para jogar tênis, Roger Federer ainda encanta com a técnica primorosa, experiência, ousadia, frieza, segurança e confiança. O que tem sido difícil é enfrentar jogadores que eram seus fãs na infância ou até mesmo nem nascidos quando já era campeão. O físico já não responde como antes, devido sua idade. Fica o ensinamento que, diferente do esporte, a idade seleciona aqueles que conseguem fazer o uso da experiência para benefício de sua profissão. A curva de aprendizado é longa, a maturidade não pode inibir a ousadia, a técnica se aprimora com a idade, a experiência dá segurança, equilíbrio profissional. Nossa profissão depende da

Brilho da luz

Leitura Bíblica: Provérbios 27.1-2 Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus (Mt 5.16). Uma lamparina cheia de óleo gabava-se de ter um brilho superior ao do sol. Um assovio, uma rajada de vento e ela apagou. Acenderam-na de novo e lhe disseram: Ilumina e cala-te. O brilho dos astros não conhece o eclipse. Que o brilho de uma vida gloriosa não te encha de orgulho. Nada do que adquirimos nos pertence de verdade (Fábula de Esopo).   Uma rajada de vento e ela se apagou. Algumas vezes esquecemos que somos frágeis, esquecemos que nosso brilho é apenas um reflexo do criador. Mesmo o mais inteligente, o mais rico, o mais bonito não deve se engrandecer. Muito mais que os outros, deve manter a humildade de servo de Deus. Seja ele o mais excelente pregador, escritor, cantor. Seja uma pessoa de oração, bondosa para com os outros, ainda assim, não pode se achar melhor do que ninguém.   Sobre este assunto é pr

Aprendendo a dizer sim

Leitura Bíblica: 1Samuel 12.20-25 Desde que os chefes se puseram à frente de Israel, e o povo se ofereceu voluntariamente, bendizei ao SENHOR (Jz 5.2). Existiu um tempo em que as pessoas tinham dificuldade de dizer não. Se sentiam culpadas em não atender algum pedido. Mesmo quando não queriam e até quando não podiam, sentindo-se obrigadas a ajudar, diziam sim para quase todos os pedidos. Nesse tempo a mensagem era: você precisa aprender a dizer não, não pode fazer todas as coisas, precisa cuidar mais de você mesmo. Acredito que esse tempo passou, hoje as pessoas aprenderam a dizer não. O problema é que não sabem mais dizer sim. Desaprenderam. Em sua agenda estão seus compromissos pessoais e, com desculpa ou sem desculpa, dizem não a quase todos pedidos. Lembram sempre de alguém que pode substituí-los, outra pessoa que deveria ter sido chamada no lugar dela.   Precisamos reaprender a dizer sim. Acredito que a mensagem de hoje deve ser de incentivo às pessoas e para chamar a atenção par

Murmuração

Leitura Bíblica: Êxodo 16.1-10 Moisés, porém, respondeu ao povo: Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do SENHOR que, hoje, vos fará; porque os egípcios, que hoje vedes, nunca mais os tornareis a ver (Êx 14.13). Quando pensamos no assunto murmuração, não tem como não lembrarmos do povo de Israel. Logo depois que saíram do Egito, caminhando no deserto, muito murmuravam. Mas a murmuração não é uma característica apenas deles. Acredito que todos nós somos murmuradores. Pelo menos de vez enquanto reclamamos um pouco. E devemos nos vigiar para não cair no pecado de viver em constante murmuração. Porque temos tendência a murmurar? “Os efeitos da queda trouxeram sofrimento e dor para a terra, e todos nós temos de lidar com a tristeza e a aflição de não mais desfrutarmos da plenitude de vida” (Dario Araújo Cardoso). Então, diante das ameaças e temores da vida, ou buscamos auxílio em Deus e nos contentamos, ou reclamamos. Somos sempre desafia­dos a buscar o socorro e o refúgio em Deus,

Preocupado

Leitura Bíblica: Salmo 37.1-5 Descansa no SENHOR e espera nele (Sl 37.7a).   O pastor Lloyd John Ogilvie conta que uma vez resolveu fazer uma lista do que lhe preocupava. Ele disse: “Fiz uma relação das coisas que me irritava na vida, nas responsabilidades e nos relacionamentos. Para a minha surpresa, a lista ocupou uma página toda do meu diário de devoções. Decidi pedir ao Senhor que me ajudasse a declarar guerra contra a irritação. Entreguei a ele cada uma das minhas preocupações e escrevi o que aconteceu depois. Algumas das coisas que me irritavam jamais se tornaram realidade, muitas se resolveram pela intervenção do Senhor e outras se transformaram em fonte de crescimento na confiança e paciência. Hoje, um ano depois, examinei novamente essa relação. Por que cargas d’água eu me preocupe com isso? perguntei a mim mesmo”.   Você é um indivíduo preocupado de mão cheia? Se irrita com facilidade, faz tempestade em copo d’água? Isso acontece principalmente com pessoas que exageram no pe

Caminhos

Leitura Bíblica: Salmo 18.30-36 Ensina-lhes os estatutos e as leis e faze-lhes saber o caminho em que devem andar e a obra que devem fazer (Êx 18.20). Um leão, cuja idade avançada não permitia mais que fosse à procura de alimentos, valeu-se de um estratagema. Entrou numa gruta e se deitou, fingin­do estar doente. E os animais que iam visitá-lo, ele comia. Muitos já tinham morrido quando a raposa, que tinha descoberto a astúcia, se apresentou. Ela parou a uma distância da gruta e perguntou ao leão como ele estava. Mal - respondeu. E acrescentou: Por que não entras? A raposa respondeu: Eu não entrei porque só vi rastro de animais entrando, nunca saindo. Moral da história: O homem advertido pressente de longe o perigo e é capaz de evitá-lo.   Lendo esta fábula de Esopo, me lembrei de uma música antiga de Guilherme Kerr que dizia: “Há caminhos que se oferecem, morte é o fim que neles aparece. Certamente os que por eles seguem a paz não encontram o que esperar?” Existem muitos caminhos nos