Desconfie

Leitura Bíblica: 2Coríntios 11.1-6

Não entres na vereda dos perversos, nem sigas pelo caminho dos maus (Pv 4.14).

Nossa tendência em acreditar sempre nas pessoas pode ser perigosa. É claro que não devemos desconfiar de tudo e de todos. Mas precisamos tomar cuidado com a confiança cega. Confiar sem pensar, sem analisar ou questionar. Principalmente em relação a alguma decisão nova e importante que temos que tomar. Não é preciso ter pressa. Sair dizendo concordo para tudo e assinando contrato sem ler.

Conta uma fábula que um lobo, muito ferido por mordidas de cachorros, repousava doente e muito machucado em sua toca. Como estava com fome, ele chamou uma ovelha, que ia passando por perto, e pediu-lhe para trazer um pouco da água de um regato que corria ao lado dela. Assim, - falou o lobo - se você me trouxer água, eu ficarei em condições de conseguir meu próprio alimento. Claro, - respondeu a ovelha - se eu levar água para você, você sem dúvida fará de mim uma provisão de comida também.

Existem muitos lobos com palavras mentirosas tentando enganar quem conseguir. Precisamos buscar sabedoria para discernir e reconhecer as armadilhas dos maus. Maior sabedoria ainda precisamos para entender que, pior do que ser atacado e ferido pela maldade dos outros, é ser influenciado pelo conselho dos maus. Provérbios 4.14, diz: “Não vá aonde vão os maus. Não siga o exemplo deles” (NTLH). Em nosso texto base, Paulo fala de uma grande preocupação que tinha: “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo” (2Co 11.3). Sua preocupação era que eles se afastassem da verdade bíblica, influenciados por falsos ensinos. Quando isso acontece o prejuízo é muito grande, pois ao serem deixados os valores apresentados nas escrituras, logo se começa a preencher o pensamento com o que não é bom. Estejamos atentos às armadilhas perigosas. 


Confie na verdade. 

Comentários

Postagens mais visitadas

Mensagens Diárias 5

Bom é inimigo do ótimo

Egoísmo