Acordos perigosos

Leitura Bíblica: Êxodo 34.11-17


Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós (Tg 4.7).


Um homem queria vestir-se de pele de animal e saiu para caçar. No meio da floresta, deparou-se com um tigre e imediatamente preparou a espingarda. Quando estava mirando o bicho, este gritou: Não atire! Não faça isso! O homem ficou assustado. Mas tigre não fala. O que está acontecendo? Sim, sou eu. Posso falar sim. Não faça isso. Vamos conversar! - disse o animal. Bem, depois de tanta insistência, o homem acabou convencido de que o tigre poderia realmente falar. Os dois acabaram sentando para buscar acordo. Por que você quer me matar? - perguntou o tigre. Ora, quero uma pele. Pretendo cobrir-me de pele de animal - ponderou o homem. Mas o tigre também tinha um desejo. Olha, eu também estou caçando. Tenho muita fome e preciso comer alguma coisa, e encher a minha barriga. Depois de muitas e muitas horas de discussão, chegou-se a um acordo: o tigre comeu o homem... e os dois desejos foram realizados.

Devemos combater o inimigo. Não devemos nos assentar para conversar e muito menos fazer acordos com ele. Por mais surpreendente e interessante que o inimigo pareça, não devemos ceder à sua insistência. 

O Salmo 1 inicia dizendo: “Feliz é o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores nem se assenta na roda dos escarnecedores”. Devemos fugir de determinados lugares, recusar determinadas propostas e nos afastarmos de determinadas pessoas. “Frequentar lugares errados; viver de acordo com padrões errados e andar na companhia de pessoas erradas são o caminho mais rápido para a infelicidade” (Rev. Hernandes Dias Lopes). 

Em nosso texto base, Deus nos traz ensinos importantes: “Obedeçam às leis que estou dando a vocês hoje… Não façam nenhum acordo com os moradores da terra para onde vocês vão, pois isso poderia ser uma armadilha mortal para vocês. Pelo contrário, derrubem os altares deles” (Êx 34.11-13 - NTLH).


Não faça acordos com o inimigo.

Comentários