Mansidão com longanimidade

Leitura Bíblica: Colossenses 3.12-17

Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência (Cl 3.12).

Quando buscamos viver em amor a Deus e ao nosso próximo, mansidão e longanimidade fazem parte de nossa vida. Amar é lembrar que somos unidos por uma missão. Quando amamos a Deus lembramos que nossa missão é mais importante que nossa opinião. Nossa opinião muda como o vento. É falha, influenciada pelo ego. Nossa missão é sempre a mesma. É perfeita e é influenciada pelo propósito que Deus tem para nós. Para praticar o amor, buscamos viver uma vida de mansidão e longanimidade. 

Para ter mansidão e longanimidade devemos viver a vida com moderação, buscando o equilíbrio, não ficando irado com facilidade, ou por vezes demais. Ser manso e longânimo é ter o espírito domado. É qualidade do domínio próprio. É manter as emoções sob controle.

Uma grande lição de humildade encontramos nas palavras de Paulo em 1Coríntios 6.7-8 (NVI): “O fato de haver litígios entre vocês já significa uma completa derrota. Por que não preferem sofrer a injustiça? Por que não preferem sofrer o prejuízo? Em vez disso vocês mesmos causam injustiças e prejuízos, e isso contra irmãos!” Havia divisões, brigas entre os irmãos da igreja de corinto. A crise chegou ao ponto de quererem levar o assunto aos tribunais. Paulo disse que já bastava a vergonha de estarem discutindo, o que não deveria estar acontecendo. Não deveriam aumentar o escândalo levando o assunto aos tribunais humanos. Melhor do que brigar por seus direitos é ceder em benefício da paz. “Preferir antes sofrer o agravo do que infligi-lo” (Hendriksen). 

Agir com mansidão e longanimidade é o que aprendemos com Jesus. Jesus foi manso e humilde. Sua longanimidade foi extremamente testada. Ele se entregou mansamente para a morte na cruz. Ter longanimidade é ter longo ânimo. É não perder a alegria com facilidade. É ser paciente. “Ao sofrer uma injúria, podemos simplesmente referir-nos a ela sem visível ressentimento, embora no íntimo estejamos fervendo!” (John Stott). É sábio buscar o autocontrole no lugar de discutir, brigar, agir com vingança. “Longanimidade significa não apressar-se em vingar o mal nem revidar o mal feito por outra pessoa contra si” (Elienai Cabral). Com longanimidade e mansidão estaremos sempre no caminho da paz. 


Agrade a Deus, viva com amor. 

Comentários

Postagens mais visitadas

Mensagens Diárias 5

Bom é inimigo do ótimo

Egoísmo