Ouvinte praticante

Leitura Bíblica: Tiago 1.23-27

Mas quem pratica a verdade vem para a luz, para que se veja claramente que as suas obras são realizadas por intermédio de Deus (Jo 3.21).

Você já ouviu a história de um homem da cidade de Nova Iorque que morreu aos 63 anos sem nunca ter trabalhado? Ele passou toda a sua vida adulta fazendo cursos universitários. Durante seus anos de vida acumulou muitos títulos. Por que ele passou toda a vida estudando? Quando ele era criança, um parente muito rico morreu e deixou um testamento que designava ao seu sobrinho parte da sua herança provendo dinheiro para seu sustento “durante o período dos seus estudos”. Ele se manteve estudando para garantir um salário por toda a vida, algo que o seu tio nunca havia planejado. Infelizmente ele passou milhares de horas ouvindo professores, lendo livros, fazendo pesquisas, aprendendo a fazer algo que nunca fez. Ele adquiriu mais e mais conhecimento sem nunca os ter colocado em prática.
L. Roberto Silvado comenta esta história dizendo: “Ler a Bíblia, ouvir mensagens e participar de classes de estudo bíblico e não praticar o que aprendemos é fazer a mesma coisa que este homem fez – acumular conhecimento para nada! A educação que ele acumulou não beneficiou ninguém só a ele mesmo”.
Tiago 1.22 nos exorta: “Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos”. Quando somente ouvimos, logo esquecemos. A comprovação de que realmente aprendemos algo é quando conseguimos praticar o que aprendemos. Infelizmente muitos participam de grupos de estudo bíblico, vão à igreja semanalmente, ouvem sobre como viver de forma ética e cristã, mas não conseguem adequar sua vida ao que aprendeu.
Somos beneficiários de uma herança eterna. Esta é doada por Deus a nós que estudamos e praticamos a sua palavra. Aqueles que ouvem a palavra e a praticam são abençoados nesta vida e na eternidade. Sejamos ouvintes praticantes sempre buscando nos afastar do que é mau, buscando e realizando o bem.

Bem-aventurado é quem pratica o que é bom.

Comentários