Comeu a Bíblia

Leitura Bíblica: 2 Timóteo 3.16-17

Bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam! (Lc 11.28)

O escocês Robert Moffat (1795-1883) foi missionário congregacional na África do Sul. Um dia, um africano veio correndo à sua casa com uma preocupação simplesmente original. Disse estar preocupado porque o cachorro tinha comido uma folha da sua Bíblia. O missionário tentou tranquilizar o homem: “Não se preocupe, amigo; eu posso lhe conseguir uma outra Bíblia”. E o homem respondeu: “O senhor não está entendendo; já que o cachorro comeu uma folha da Bíblia, ele não será mais um bom cachorro. Ele será um cachorro amável, gentil e eu preciso de um cachorro normal, que possa latir contra os estranhos e defender a minha casa”. O africano pensava que era o objeto Bíblia que tinha poderes mágicos.
Muitos ainda hoje acreditam que a Bíblia, o livro em si, tem poderes especiais. Acham que é suficiente que a Bíblia esteja aberta em casa sobre um móvel. É claro que não é assim. Disse o Pr. João Soares da Fonseca: A Bíblia é a Palavra de Deus, não como objeto, mas como registro da revelação de Deus aos homens. Precisamos estudá-la, meditar nela, e, o que é mais importante, praticá-la. Não idolatre a Bíblia; adore o Deus que ela revela, o Deus vivo e verdadeiro, que “amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16).
Dediquemos mais tempo para nos alimentarmos da Palavra de Deus. Estudar a Bíblia é o melhor investimento do nosso tempo. Tempo que produz maiores frutos em nossa vida. Para melhor compreensão devemos ler a Bíblia capítulo por capítulo e não abrindo ao acaso ou limitando a leitura a apenas algumas passagens. É bom ter um plano de leitura, um método, ler com atenção, oração e humildade. Deus fala conosco por intermédio de seu Espírito através da leitura bíblica. Se queremos ouvir e conhecer sua vontade devemos nos empenhar nela.

Leia a Bíblia!

Comentários

Postagens mais visitadas

Mensagens Diárias 5

Bom é inimigo do ótimo

Egoísmo