Dia da pátria


Leitura Bíblica: Salmo 103.19-22

Como é feliz o povo assim abençoado! Como é feliz o povo cujo Deus é o Senhor! (Sl 144.15)

Dia 7 de setembro é o dia em que comemoramos a Independência do Brasil. Foi no dia 7 de setembro de 1822, às margens do riacho do Ipiranga, que o Imperador Dom Pedro I proclamou a Independência do Brasil, formalizando a separação com Portugal. Depois de muitos conflitos, e passados mais de dois anos, Portugal finalmente reconheceu a independência brasileira, com o Tratado de Paz e Aliança assinados entre os dois países. 
Hoje é dia de orarmos pelo Brasil. Dia de agradecer a Deus pelo nosso país, lugar onde nascemos, lugar em que Deus nos colocou e devemos exercer nossa função patriota. É nesse lugar que devemos exercer nosso ministério anunciando o evangelho aos brasileiros. Mesmo diante das crises que enfrentamos, devemos acreditar que Deus cuida de nós e está sob o seu governo cada situação. “Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono, e o seu reino domina sobre tudo” (Sl 103.19). Deus governa o Brasil e todas as nações. “Deus é Senhor de nosso país e não está alheio ao que tem acontecido. Essa verdade nos faz olhar para as questões que envolvem a nossa difícil circunstância de forma diferente, pois alimenta em nosso coração a esperança de que estamos seguros em Suas cuidadosas mãos. Essa esperança também deve nos levar a oração” (Rev. Aldei Soares). 
Hoje também é um importante dia para lembrarmos de nossa pátria celestial. Sabemos que o Brasil é nossa pátria temporária. Vivemos aqui, mas almejamos uma pátria superior. Embora esperamos que nosso país melhore e que seja dia a dia alcançado pelo evangelho, nossa verdadeira e maior esperança está na Pátria celestial. “Por isso, há esperança para o seu futuro”, declara o Senhor. “Seus filhos voltarão para a sua pátria” (Jr 31.17). Oremos pelo Brasil, sejamos patriotas e mais comprometidos com a evangelização do nosso povo. Que Deus seja o Senhor de nossa terra e de nossas vidas.

Feliz é o povo que Deus escolheu para ser dele. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Até o fim

Humildade e mansidão

Verdadeira grandeza